Visita Guiada Teatro Colón e Pizzaria Guerrin - Buenos Aires
Buenos Aires, Viagens

Teatro Colón e Pizzaria Guerrin – Honeymoon BA #day1

Chegamos com um pouco mais de 3 horas de antecedência no aeroporto de Brasília. Ficamos preocupados com o peso das malas, mas decidimos que não iríamos pagar nenhum excesso durante toda a nossa jornada pela Argentina.
Pegamos um avião pequeno da Aerolíneas Argentinas com apenas 2 poltronas de cada lado (ainda bem que não dividimos lugar com outra pessoa). O voo saiu as 1:55 do dia 27 e chegamos lá as 5:45 bem cansados… parecia que o voo não ia acabar nunca. Aprendemos que “té” era chá durante o nosso voo e que os comissários Argentinos não são nada educados e simpáticos.

Chegamos em Buenos Aires! Passamos pela imigração com tranquilidade e ainda bem que a Carol entendeu tudo o que perguntaram! Pegamos as malas rapidamente e encontramos o motorista que iria nos levar ao hotel 725 Continental. Estava muito escuro e MUITO frio. Descobrimos que o taxista era maluco! Andava a mais de 120 km/h dando luz alta e buzinando. Ele se intitulava um “motorista da noite” e explicou que seria normal correr assim já que nesse horário não tem trânsito e radar.

Vivos e desconfiados do motorista fizemos o checkin no hotel e conseguimos entrar sem nenhum problema. Com toda a minha cara de pau pedi um upgrade e o atendente com cara de “hmmm mais um brasileiro me importunando e pedindo desconto” inicialmente nos deu apenas um early checkin sem custo algum. Mas…. assim que chegamos no quarto a portaria ligou nos oferecendo um quarto muito melhor! Ganhamos esse presente. Quarto 416.
Organizamos as malas e mochila com bastante pressa, tomamos banho e fomos dormir um pouco para aproveitar o dia que estava começando.

Acordamos assustados com o horário. Era um pouco mais de 10:30 e o café da manhã era só até as 11. Corremos para o salão na expectativa do nosso primeiro café da manhã portenho, mas o recepcionista nos lembrou bem que estávamos em um checkin bônus mais cedo e só poderíamos tomar o café no dia seguinte! Com cara de tachos saímos de fininho! (haha)

Enviei mensagem para o Boston Cash para cambiar alguns reais e fomos fazer a nossa primeira caminhada por Buenos Aires à procura de um lugar para comer. Estávamos morrendo de fome e tínhamos que voltar para o hotel antes das 12h. Rumo ao Obelisco! Excelente ponto de referência para todos os nossos passeios pela cidade. O tempo estava nublado e chovia um pouco.

Tienda del Café. O primeiro de centenas de croissants em Buenos Aires.

Tienda del Café. O primeiro de centenas de croissants em Buenos Aires.

Encontramos a Tienda del Café com vista para o Obelisco e tomamos um cappucino com 3 croissant, aqui conhecidas como medialunas, e um pequeno copo de suco de laranja. A fome era tanta que pedimos mais 3… não sabíamos que nos próximos dias iríamos enjoar de tanto croissant. Pagamos a conta pela primeira e última vez em reais. Saiu caro o câmbio!

Voltamos para o hotel e deu tudo certo a troca pelos pesos argentinos. Estávamos meio receosos de como seria essa negociação, mas foi segura e tranquila. Nos explicaram como detectar notas falsas e algumas dicas importantes com os taxistas da região. Todas as notas viam carimbadas para não ter trocas por notas falsas e ficamos espertos de usar as notas de 100 pesos “novas” (imagem da Evita) em alguns lugares específicos (táxis, barracas de rua). Me embananei todo na hora de contar a grana, mas a Carolzinha me ajudou. Cada 1 real rendeu 3,62 pesos e foi importante para as compras e passeios pela cidade.

Andamos até o Teatro Colón para comprar os ingressos do ballet El Lago de los Cisnes, mas já estavam esgotados a mais de 1 mês! Aproveitamos para comprar a visita guiada e como estava chovendo decidimos comer no café de lá mesmo. O velhinho que nos atendeu queria por que queria nos vender um frango esquisito, mas comemos um sanduba com jamon cru, segundo a Carol, e um cappucino (bom). Esperamos mais um pouco até a hora da visita guiada. Os argentinos são super pontuais!

Teatro Cólon preparado para o ballet El Lago de los Cisnes

Teatro Cólon preparado para o ballet El Lago de los Cisnes

Todos os ambientes do teatro são lindos demais! Uma pena que não dava para entender muito bem as explicações da guia. Ela não facilitou nenhum pouco e falava rápido demais. A experiência de estar neste lugar foi fantástica! Do chão ao teto cada detalhe é impressionante. Tiramos muitas fotos!

Fizemos um pequeno vídeo (que está no início do post) cruzando a avenida 9 de Julho e fomos rumo ao Obelisco.

Sim… vocês vão perceber que a todo momento nos orientamos pelo grande e pontudo monumento visto de qualquer parte do centro de Buenos Aires.

Pizzería Güerrin - Pizza com MUITA muzzarella. Gordice no final do dia.

Pizzería Güerrin – Pizza com MUITA muzzarella. Gordice no final do dia.

De noite passeamos pela movimentada calle Corrientes e para finalizar fomos comer na Pizzaria Guerrin. Sem brincadeira! Nunca comemos uma pizza tão boa com a massa grossa e leve ao mesmo tempo e com tanto queijo assim! Para não errar e ajudar na digestão pedimos uma coca “chica”. De volta para o hotel!

Principais investimentos do dia:

  • Teatro Colón – visita guiada: $180 cada (R$49,72)
  • Restaurante do Teatro: $92 (R$25,41) [cappucino – $37 / arabe crudo (sanduiche com jamon – $55]
  • Guerrin: $151 (R$41,71) [coca: $36 / pizza de muzzarela chica: $115]

 

Próximo post

Você também irá gostar