Dia#9 Universal e Toothsome Chocolate Emporium · Orlando e Disney com dia23 | Dicas Parques Disney, Universal e Orlando
Orlando, Viagens

Dia#9 Universal e Toothsome Chocolate Emporium

Acordamos as 8h e tomamos café da manhã com o que compramos no Whole Foods no dia anterior. A torta de maça ainda estava deliciosa e durou até o outro dia de tão grande. Comemos um brioche muito macio e gostoso e frutas vermelhas frescas (morango, framboesa e amora). O parque da Universal fica pertinho do Rosen Inn que ficamos e chegamos em 10 minutos. Às 9h estávamos em frente a entrada da Universal e descobrimos que o parque nesse dia abriria as 8h. Deixamos todos os horários anotados em nosso roteiro, mas esquecemos completamente disso e não lemos o roteiro no dia anterior.


Estatísticas desse dia na Universal, Fábrica de Chocolate e Jantar no Olive Garden 

  • Andamos: 12,58 km
  • Quantidade de horas no parque: 8 horas e 30 minutos
  • Investimento total do dia: $95,80 (2 pessoas e não somamos o valor dos ingressos)

As boas da Universal:

  • Conseguimos fazer todas as atrações mesmo chegando 1h depois do parque abrir e ainda saindo as 17h;
  • Montanha russa da Múmia – a melhor atração do parque;
  • Simuladores do Transformers e o Race Through New York – muito bem feito.

O que não foi tão bom:

  • O calor insuportável, principalmente na fila do simulador dos Simpsons;
  • A parada Universal’s Superstar – não deveríamos ter esperado por ela;
  • A não imersão na área dos Simpsons.

Principais investimentos com taxas desse dia:

  • Estacionamento: $20,00;
  • Pizza de almoço no Louie’s Italian Restaurant [2x jumbo cheese slice e 1 soda]: $22,66;
  • Fudge – chocolate com menta muito doce: $4,21;
  • Dippin Dots – sorvete de bolinha: $4,47;
  • Milshake salted dulce na The Toothsome Chocolate Emporium: $13,32;
  • Janta no Olive Garden [entrada fried mozzarella e um prato principal shrimp scampi para dividir]: $31,14;

Entrada Parque Universal Studios

Entrada Parque Universal Studios

Entramos no parque e fomos direto para a atração dos Minions (Despicable Me Minion Mayhem). Ainda estávamos um pouco enjoados do dia anterior e as chacoalhadas dos simuladores dava um leve desconforto, mas nada que atrapalhasse a experiência no parque. O simulador dos Minions é bem bacana, você “vira” um Minion e passa por bons apuros.

Saindo dos Minions, fomos no teatro 4D do Shrek. A história é bem legal e simula como se você estivesse andando em uma carroça com o Burro (Donkey). O que me incomodou bastante foi o barulho do pistão (é isso mesmo?) de ar para simular a trote dos cavalos da carroça junto com os movimentos da cadeira. Não é tão bem feito assim e confesso que no final começou a ficar chato.

Bumblebee dançando

Bumblebee dançando

Seguimos para o simulador dos Transformers (The Ride-3D). A experiência da fila é muito bem feita e acredito que uma das melhores do parque, apesar do som extremamente alto. O simulador também é muito bem feito e em alguns momentos dá até aquele frio na barriga! No final do passeio o carrinho do simulador deu um problema e ficamos ali dentro quase no escuro uns 15 minutos parados sem ter como sair, mas nada que atrapalhasse a atração. Saindo do simulador, fomos tirar foto com o Optimus Prime e logo depois com o Bumblebee. Eles não interagem muito com você, mas os robos, vozes e músicas são bem realistas. Se você gosta dos Transformers, as fotos são obrigatórias.

De lá fomos para a área New York para a nova atração da Universal, o simulador do Jimmy Fallon (Race Through New York). Pelo aplicativo da Universal no celular você pode agendar o horário para ir na atração. Marcamos para as 11h ali mesmo bem na entrada do simulador. Diferente do que vimos em alguns vídeos, não teve o show do pessoal cantando acapela. Ao entrar na primeira sala fomos recepcionados pelo Panda, que tomou a GoPro da minha câmera e saiu correndo com ela. Rimos bastante e a cena ficou ótima no vídeo do nosso vlog. Na sala de espera você pode se divertir com alguns joguinhos em algumas telas e assim o tempo passa bem rápido. A atração consiste em uma corrida de carro com o apresentador Jimmy Fallon pela cidade de Nova Iorque e mesmo que você não goste do Tonight Show, não conheça o programa ou ainda não entenda nada de inglês, com certeza vale a pena!

Clancy Wiggum dos Simpsons

Clancy Wiggum atento para combater o crime

Um pouco antes das 12h já estávamos almoçando no Louie’s Italian. O restaurante estava vazio e como não estávamos com tanta fome assim por causa do horário pedimos 2 pedaços de pizza (bem generosos os tamanhos) de muzzarela e coca.

Depois do almoço fomos na área de Springfield e fizemos um pequeno tour pela cidade do Simpsons na Universal. Conhecemos a lojinha de souvenirs (K Mart), o Bar do Moe e toda a área de fast food, tiramos algumas fotos nessa região e no famoso Delorean do filme de volta para o futuro. Dentro das lojinhas e o Bar do Moe a Universal fez um excelente trabalho e se atentou aos detalhes, mas dentro da área dos Simpsons eu não me senti dentro de Springfield (que era uma expectativa que eu tinha). É muito diferente por exemplo da imersão que você tem na área do Avatar no Animal Kingdom ou Harry Potter. No simulador The Simpsons Ride foi a única atração que ficamos uns 30 minutos na fila, mas pareceu bem mais por causa do calor absurdo e falta de refrigeração. É bem decepcionante o estado dos ventiladores, nenhum atrativo e decoração bacana ao longo das filas e mau humor dos funcionários. Apesar de tudo, o simulador é muito bem feito e divertido.

Não poderíamos deixar de ir na clássica e antiquíssima atração do E.T. Adventure. Se você viu o filme, ou pelo menos conhece o personagem, e nunca foi nessa atração, você tem que ir. Caso contrário eu tiraria do roteiro. Não tinha fila nenhuma e é bem rapidinha. É uma atração bem antiga e para a época que lançaram deveria ser muito bem feita. Imagina voar de bicicleta de noite com o ET!

Saindo do ET, sentamos nos bancos ali pertinho mesmo para dar uma descansada. Eu acabei deitando no colo da Carol e dando um cochilo de uns 30 minutos hehe.

Outra atração bem antiga é o MIB (Men in Black Alien Attack) que fomos em seguida e fica na área World Expo. Por dentro na fila é como se você estivesse escritório do MIB e com certeza para a época também deveria ser muito bem feito. As cadeiras dos carrinhos cabem 2 pessoas, mas são super apertadas. É uma atração de tiros com pistola semelhante ao Buzz Lightyear’s do Magic Kingdom e você tem que mirar nos aliens maus! De vez em quando o seu carrinho gira tanto que parece que nunca vai parar. Apesar de antiga foi divertida e a Carol me deu uma surra na pontuação final.

De lá voltamos para a área New York para irmos na montanha russa indoor da Múmia (Revenge of The Mummy). Essa foi a melhor atração do parque para a Carol e realmente é muito bacana. Você tem que deixar as mochilas no locker ao lado da entrada e por 1 hora você não paga nada. Pode esperar muita emoção nessa montanha russa. Escuro, sustos, fogo, muito calor, frio na barriga, ré no carrinho. Enfim, não dá aquele medo, mas é super emocionante. 

O calor de Orlando estava demais para a época e para dar uma refrescada tomamos um sorvete de bolinhas (Dippin Dots) que virou febre. A Carol gostou, mas eu não achei nada demais. Tomamos ali no chão mesmo do lado da barraquinha de sorvete e depois fomos para os bancos perto do simulador do Transformers para aguardar a parada das 17h. Já tínhamos finalizado todas as atrações que queríamos ir e não estávamos com pressa.

É bem nessa região dos Transformers que inicia a parada Universal’s Superstar Parade e ela durou menos de 15 minutos. Sério, a parada é muito muito infantil, tem pouquíssimos carros temáticos (5), super rápida e não chega aos pés da parada do Magic Kingdom. Foi bem decepcionante esperar pela parada e para nós realmente não compensou.

Milkshake na Fábrica de Chocolate

Melhor Milkshake da Vida!

Antes das 17:30 já tínhamos saído do parque e estávamos na Fábrica de Chocolate no CityWalk (The Toothsome Chocolate Emporium). O lugar é lindo e muito bem decorado. Dá vontade de comprar todos os chocolates e pedir todos os sabores de Milshakes só para ver as decorações de cada um. Pedimos direto no balcão logo na entrada um Milshake Salted Dulce de Leche que vem com sorvete de caramelo salgado, doce de leite e pretzels. Ali na entrada é um quick service (paga, pega sua comida e não paga gorjeta), mas você pode almoçar e jantar no restaurante. Existem várias entradas e pratos, alguns funcionários caracterizados com roupas de época que irão interagir com você e transformar a experiência muito mais divertida. 

Como saímos cedo do parque ainda demos uma passadinha no Florida Mall e depois jantamos no Olive Garden pela segunda vez. Veio novamente aquela salada gigante e deliciosa com um pãozinho quentinho e salgadinho. E como já conhecíamos o tamanho das porções, pedimos apenas uma entrada de queijos empanados (sabe aquele queijo que fica puxando de tão gostoso e derretido? é esse!) e dividimos um prato de espaguete bem fininho com camarão salteado e molho de alho com aspargos e tomate. Foi o suficiente para nós voltarmos para o hotel satisfeitos e termos uma excelente noite de sono.

Post anterior Próximo post

Você também irá gostar