Dia#6 EPCOT - Carimbando Passaporte nos Pavilhões · Orlando e Disney com dia23 | Dicas Parques Disney, Universal e Orlando
Orlando, Viagens

Dia#6 EPCOT – Carimbando Passaporte nos Pavilhões

Hoje foi um dia de muita andança e comilança no parque EPCOT (Experimental Prototype Community Of Tomorrow). Dia 17/09, domingo de muito sol e festival Food and Wine.

Tomamos café da manhã novamente no quarto do hotel com o que havíamos comprado no Walmart. Chegamos às 8:15h e o estacionamento estava vazio. Paramos bem pertinho da entrada (estacionamento Imagine 55-61) e assim que entramos no parque ficamos esperando na famosa “bola do EPCOT” (atração Spaceship Earth) onde aconteceu um showzinho com 3 homens vestidos de cozinheiros batucando por alguns minutos. Confesso que no final já estava ficando chato, principalmente porque tinha muita gente na nossa frente e não dava para ver direito.


Estatísticas desse dia no EPCOT

  • Andamos: 18,11km (dia que mais andamos em toda a viagem)
  • Quantidade de horas no parque: 13 horas e 30 minutos
  • Investimento total: $178,18 (2 pessoas e não está incluso os valores dos ingressos)

As boas do EPCOT:

  • Simulador Soarin’ – Muito gostoso e bem feito esse voo que passa por vários lugares do mundo;
  • Experiência de ver as decorações, ouvir as músicas e degustar as comidas de vários países diferentes;
  • Parque lindo e com vistas incríveis – não tem como errar. É só ir andando e curtindo.

O que não foi tão bom:

  • Calor! – Sim, novamente! Tornou a experiência bem cansativa;
  • Não ter experimentado a comida de todos pavilhões (hehe);
  • O atendimento meio mal humorado e desleixado do pavilhão da Noruega quando estávamos procurando quem carimbasse o passaporte.

Principais investimentos com taxas desse desbravamento no EPCOT:

  • Estacionamento: $20,00;
  • Pipoca estranha: $6,38;
  • Passaporte da Disney no EPCOT: $12,77;
  • Almoço no restaurante Via Napoli Ristorante e Pizzeria [pizza individual de marguerita e soda italiana]: $28,28;
  • Loja Karamell-Küche no pavilhão da Alemanha [doces de caramelo e noz pecã]: $4,25;
  • L’Artisan des Glaces na França [sorvete de 2 bolas – sabores chocolate e menta] : $7,50;
  • Jantar no Le Cellier [canadian cheddar cheese soup, coke, le cellier filet mignon e cheesecake de blueberry]: $99,00 com gorjeta.

Bola do EPCOT Disney

Bola do EPCOT

O ideal no EPCOT é você focar para fazer as atrações do Future World pela manhã e aproveitar toda a tarde nos pavilhões dos países (World Showcase). Até porque o World Showcase só abre as 11h da manhã (pelo menos no dia que nós fomos!).

Corremos para a Test Track na Future East, pois não tínhamos fastpass marcado para essa atração e as 9h já estávamos lá. É bem bacana toda a ambientação, você fica muitos minutos montando e personalizando o seu próprio carro para competir com outras pessoas. Depois você entra no carrinho, faz vários testes e no final o carro chega a uma velocidade muito alta!  Na saída da atração você pode tirar fotos com vários carros da Chevrolet e interagir com vários brinquedos. Ficamos em segundo lugar no placar geral!

Depois fomos para a área Future West, pois tínhamos um fastpass agendado para as 9:55h no simulador Soarin’. A dica é ficar na fileira B1 para não ficar nenhuma cadeira na sua frente, mas nós não conseguimos. O simulador é muito bacana, você voa suavemente por vários lugares do mundo (Grande Muralha da China, Cataratas do Iguaçu, Austrália, etc) e até sente aquele friozinho na barriga em alguns momentos. Essa atração é obrigatória para adultos e crianças. Estava com pouca fila, chegamos bem rápido na atração e nem deu para brincar no jogo de perguntas e respostas relacionadas a viagens que tem ao longo da fila. Antes de sair dessa área, compramos uma pipoca do Mickey que vende em várias lojas da Disney (super estranha: salgada, doce e apimentada ao mesmo tempo) para enganar a fome. Eu gostei e a Carol detestou. E para aproveitar o embalo, compramos o passaporte do EPCOT para pegarmos um carimbo em cada pavilhão do Word Showcase.

Atração Mission Space EPCOT

Mission Space

Ainda na Future West, fomos na The Seas with Nemo & Friends. Você entra em um carrinho “marisco-móvel” e vai passando a história do filme Procurando Nemo. É bonitinho e as crianças vão gostar bastante. Ótimo também para dar aquela relaxada no ar condicionado. Depois da atração você pode ver vários aquários incríveis e tirar fotos com os tubarões de brinquedo do filme. Era tanta criança ali que não tive a minha chance de tirar uma foto ;/

Voltamos para a Future East para o nosso segundo fastpass, que estava marcado para 10:55h. Agora era a hora da Mission Space! Lemos vários relatos e vimos alguns vídeos que tanto a versão verde (green) e laranja (orange) davam muito enjoo e principalmente a Orange Mission poderia estragar o seu dia no parque.  Para não arriscar eu fui na verde e Carol não quis nem ir! A versão verde havia sido atualizada recentemente e foi uma missão ao redor da Terra. Foi extremamente tranquilo e não senti enjoo nenhum! No meu foguete só foram 3 pessoas e eu tive que fazer o papel do piloto e engenheiro. Foi bem divertido, mas se você não gosta de lugares apertados e sente enjoos com facilidade, eu não recomendo. Fiquei com vontade de testar a versão laranja, mas era melhor não arriscar, já que tínhamos ainda um dia inteiro de muita andança no World Showcase.

Andando pela Future World, passamos na frente da loja Art of Disney e ficamos curiosos. Entramos e ficamos uns 30 minutos olhando as artes e colecionáveis. Vale muito a pena dar uma olhada nessa loja. Tem um colecionável mais bacana que o outro, mas os preços são bem salgados. Existe uma loja semelhante (não sei se tem os mesmos produtos) em Disney Springs no conglomerado de lojas do Marketplace.

Depois fomos na Mouse Gear, que é considerada a maior loja da Disney dentro de parques. Ainda estava faltando alguns minutos para o nosso próximo fastpass e queríamos também aproveitar o ar condicionado. A decoração da loja é muito legal e é isso que faz a diferença de cada loja da Disney. Depois de entrar em muitas lojas e ir 2 vezes na World of Disney em Disney Springs, os produtos acabam ficando muito repetitivos.

Ainda na Future East fomos no nosso último fastpass do dia, na Spaceship Earth, que fica dentro da clássica bola do EPCOT. Dizem que esse é um dos lugares mais fotografados do mundo! No final da atração que você entende por que existe essa bola tão grande! Não vou estragar a surpresa escrevendo aqui. O passeio é muito bacana e mostra a trajetória do homem ao longo dos anos, da idade da pedra até a nossa era digital. Uma pena que no final da atração o display do nosso carrinho não funcionou.

Acabamos as atrações que queríamos ir na área Future World e 12:40h começamos a rodar o World Showcase com um sol forte na nossa cabeça. Colocamos no nosso roteiro que se tivéssemos tempo, iríamos na Disney & Pixar Short Film Festival, mas já estava ficando tarde para conhecer os pavilhões de cada país e almoçarmos.

Andamos pelos países na seguinte ordem: México, Noruega, China, Alemanha, Itália, Estados Unidos, Japão, Marrocos, França, Reino Unido e Canadá.

Pavilhão do México EPCOT

Pavilhão do México

Começamos pelo México, às 12:45h, e fomos direto no Kidcot Fun Stop para pegarmos o carimbo do país com o Rodrigo! Em quase todos os países o pessoal foi muito simpático e conversava conosco. O bacana também que as pessoas que carimbam os passaportes são nativas daquela país. É uma brincadeira que te faz conhecer cada país do Word Showcase e ainda um excelente souvenir do EPCOT. A área do México é toda fechada e simula um dia de noite. Além de ser refrescante a decoração é muito legal (tirando aquelas caveiras coloridas que nós não gostamos). Depois que fizemos a volta completa por todos os países nós voltamos para esse pavilhão e fomos no barquinho da atração Gran Fiesta Tour Starring The Three Caballeros. É bem bobinho, mas bonitinho e ótimo para descansar as pernas.

O próximo país foi a Noruega. Famosa pela atração da Frozen (Frozen Ever After). Não comemos nada aqui, mas falam que a padaria desse pavilhão é maravilhosa. Não tinha ninguém para nos atender na Kidcot Fun Stop, mas uma atendente do caixa carimbou o passaporte para nós. Depois de rodarmos todos os países nós fomos para a atração da Frozen no final da tarde, e ficamos 1 hora e 15 minutos na fila. Durante a fila nós escrevemos boa parte do conteúdo que você está lendo aqui hehe! Além de curtir a fila, se refrescar no ar condicionado, você pode aproveitar para registrar os momentos da sua viagem.

Todos os pavilhões são muito bem decorados e impressionam com a riqueza de detalhes, música ambiente e comidas diferentes. Como estávamos bem na época do Festival Food and Wine, além dos pavilhões fixos, ainda existiam muitos outros países (Grécia, Tailândia, Espanha, etc) nessa região, incluindo o Brasil com o seu pão de queijo, que participa do festival desde 2014.

Pavilhão da China EPCOT

Pavilhão da China

Próximo pavilhão foi a China e novamente fomos a procura do carimbo em nosso passaporte. Nós não ficamos na neura de ficar correndo que nem malucos com o intuito apenas de ter o carimbo de todos os países em nosso passaporte. Nós íamos com calma, vendo os detalhes de cada país, entrando em todas as lojas, tirando fotos e fazendo alguns filmes curtos. Por isso que reservamos toda a tarde para essa experiência no World Showcase. Até porque estava muito quente e sempre que dava ficávamos em uma lojinha para nos refrescarmos e tomarmos água. A dica nos dias de parque é levar água, frutas e barrinhas para ir comendo ao longo do dia. Não rola pagar de $3 a $5 em uma água.

Da China direto para a Alemanha. Fomos direto para famosa loja (Karamell-Küche) com um monte de coisa com caramelo. O cheiro é muito bom! O simpático alemão que carimbou o nosso passaporte, às 13:30h, achou estranho nós acharmos o calor de Orlando intenso. Pô, aqui em Brasília não faz todo esse calor não! Depois do nosso almoço, nós voltamos para essa loja e compramos um doce de caramelo e noz pecan (ou pecã?). Além de ser super gostoso não é tão doce!

Já era mais de 14h e não tínhamos almoçado ainda. Fomos comer uma pizza de marguerita no pavilhão da Itália no restaurante Via Napoli Ristorante e Pizzeria. Pedimos uma pizza individual (4 pedaços) e uma soda italiana que foi o suficiente para nós dois. Os outros tamanhos de pizzas são gigantes e servem 4 pessoas. O restaurante é lindo, muito bem decorado e os fornos de pizza com o rosto de 3 anões são muito legais.

Passamos rapidamente pelo pavilhão dos Estados Unidos e confesso que foi o mais sem graça. Pegamos só o carimbo às 14:50h e fomos para o Japão. Para quem curte hello kitty, pokémon e outros produtos típicos, a loja desse pavilhão tem algumas opções e é bem grande. É legal você ver todo o ritual que fazem para abrir umas ostras para pegar umas pérolas. Eu acredito que não vale a pena o preço, mas é bacana de assistir.

Passaporte Disney do EPCOT

Passaporte do EPCOT

Próximo país: Marrocos. Esse foi o país que nós mais gostamos. A ambientação é fantástica e investimos um bom tempo andando por esse pavilhão e descansando perto de uma fonte de água. Prepare a sua câmera e celular para tirar lindas fotos! Enquanto estávamos andando, encontramos com a Jasmine interagindo com uma menininha e dando a maior atenção.

De lá fomos para França e carimbamos o passaporte às 15:45h. Assim como no pavilhão da Itália, na França tem vários lugares bem bonitos e decorados para você sentar e ficar ali alguns minutos só curtindo cada detalhe. Falam muito bem do sorvete na L’Artisan des Glaces, então fomos tomar um sorvete de chocolate e menta, mas não achamos nada demais. Deveríamos ter provado o brioche quente recheado com sorvete. Estava com uma cara ótima!

Penúltimo pavilhão: Reino Unido. A decoração e a música são fantásticas em cada país e aqui não poderia ser diferente. Esteja preparado para andar muito e aguentar o sol quente. É bem cansativo essa maratona no World Showcase, principalmente se você for em todos os países e atrações do Future World que nós fomos, mas compensa bastante. A experiência foi incrível!

Sopa de Cheddar Le Cellier

Sopa de Cheddar

Chegamos no último país. Finalmente era a hora do Canadá e do último carimbo em nosso passaporte. Eba! finalmente completamos o passaporte às 16:45h! O pavilhão é muito bonito, principalmente o jardim do Victoria Gardens. Havíamos feito uma reserva (19:30h) para o restaurante Le Cellier nesse pavilhão do Canadá, mas ainda estava cedo. Voltamos em alguns pavilhões como eu já escrevi ao longo desse texto. Decidi escrever tudo o que fizemos em cada parágrafo de cada pavilhão e não de forma cronológica. Eu acredito que além de ficar mais organizado, irá te ajudar mais na leitura e planejamento do seu roteiro no EPCOT.

Bola do EPCOT de noite

Bola do EPCOT de noite

Às 19:20h estávamos dentro do Le Cellier. Esperamos alguns minutos na recepção, eles nos serviram pipoca e havia uma cast member que ficava fazendo quiz (perguntas e respostas) sobre o mundo da Disney. Uns 15 minutos depois nos chamaram para a janta mais cara de toda a viagem! Já havíamos planejado esse investimento e compensou bastante. O lugar é incrível e a comida estava maravilhosa. Tomamos uma sopa de cheddar (canadian cheddar cheese soup) com alguns pães deliciosos para acompanhar, filé com risoto e cogumelos (Le Cellier Filet Mignon) e de sobremesa um cheesecake de blueberry.

Ficamos um bom tempo dentro do restaurante para comermos com calma, curtirmos aquele momento, descansarmos as pernas e esperarmos para ficar mais próximo do show Illuminations: Reflections of Earth. Saindo do restaurante, ainda ali na área do Canadá, procuramos um lugar para ver o show de fogos. Você não pode ir embora do EPCOT sem antes ver o Illuminations.

No final do dia estávamos exaustos! Esse foi o dia mais cansativo da viagem, o que mais andamos, mas com certeza um dia que aproveitamos muito. Bora procurar o carro e ir para o hotel desmaiar.

Post anterior Próximo post

Você também irá gostar